Rua da Bahia, 2244 - Belo Horizonte - MG
Clique aqui e saiba como chegar
(31) 3516-1360
header_ingressos
  • Ingressos Online

Bilheteria

A bilheteria do Teatro Bradesco funciona todos os dias, de segunda a sábado, das 12h às 20h; e domingo, das 12h às 19h.

Sócios do Minas Tênis Clube têm desconto de 15%. Cliente e funcionários Bradesco têm desconto de 50% na compra de até dois ingressos, esta promoção é limitada a venda de 100 entradas para o Teatro. Os descontos não são cumulativos, ou seja, caso o comprador seja associado do Clube e cliente ou funcionário do Bradesco, ele deverá optar por um dos benefícios.

Abaixo você encontra informações sobre compra Online, Mapa de palco e Meia-Entrada.
Mais informações: (31) 3516-1360.

Quantidade de lugares

O Teatro Bradesco do Centro Cultural Minas Tênis possui 612 lugares sendo que 10 são reservados para cadeirante, com demarcações e cadeira para acompanhante. O espaço possui plataforma elevatória e rampas de acessibilidade que foram construídas obedecendo a norma NBR 9050 da Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABNT. O Teatro Bradesco ainda possui seis poltronas para obesos. Desde o estacionamento até a entrada do Teatro as normas de acessibilidade foram observadas e obedecidas, como a altura dos botões dos elevadores, largura das portas e chão com piso antiderrapante. Há no Teatro Bradesco 30 cadeiras para pessoas obesas, idosas, gestantes, lactantes, com criança de colo e s com deficiência ou mobilidade reduzida. Dessa forma o Teatro Bradesco obedece a LEI ESTADUAL 20622, de

Ingressos Online

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site da Eventim

Os ingressos podem ser pagos com cartões de crédito, débito ou dinheiro.
Cadeirantes devem comprar ingresso somente na bilheteria do Teatro ou no posto da venda no BH Shopping

Mapa de palco

Mapa_numeração_cadeira Teatro_1 curva

 

INFORMAÇÕES SOBRE MEIA-ENTRADA

Agora é lei, 40% dos ingressos de cada evento são para meia entrada.

QUEM TEM DIREITO?

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA:

Mediante a apresentação do cartão de BENEFICIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ou documento emitido pelo INSS. Quando a pessoa com deficiência precisar de acompanhante, este também tem direito ao ingresso pela metade do preço.

Pessoas com necessidades especiais e um acompanhante, tem direito a meia-entrada. O documento exigido no local de realização do evento para pessoas com necessidades especiais, será:

  • a) O cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da pessoa com deficiência; ou
  • b) Documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013.

O documento do beneficiado, sempre deverá ser acompanhado do documento de identificação com foto expedido por órgão público e válido em todo o território nacional.
Acompanhante: também tem direito ao benefício da meia-entrada (somente um acompanhante por pessoa com necessidade especial)

IDOSOS – (A PARTIR DE 60 ANOS)

Mediante a apresentação da Carteira de Identidade.

ESTUDANTES

Mediante a apresentação da CARTEIRA DE IDENTIFICAÇÃO ESTUDANTIL.

O documento deve conter foto, nome do curso, da faculdade e validade.

carteira_sozinha_MAX

Medida Cautelar na ADI 5.108 – 1º de fevereiro

Publicada em 01/02/2016 medida cautelar deferida pelo Supremo Tribunal Federal na ADI 5.108, nos seguintes termos:

Pelo exposto, concedo a medida cautelar pleiteada, ad referendum do Plenário, para suspender, com efeito ex nunc, a eficácia da expressão “filiadas àquelas”, constante dos §§ 2º e 4º, do art. 1º, bem como do § 2º do art. 2º, e por arrastamento, da expressão “pelas entidades nacionais antes referidas”, constante do § 2º do art. 1º, todos da Lei nº 12.933, de 26de dezembro de 2013.

O Teatro Bradesco aceita como identificação para meia- entrada a Carteira de Identidade Estudantil emitida por entidades estaduais e municipais não filiadas à Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), à União Nacional dos Estudantes (UNE), ou à União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes).

Medida Cautelar na ADI 5.108 – 26 de abril

Publicada em 26/04/2016 medida cautelar deferida pelo Supremo Tribunal Federal na ADI 5.108, nos seguintes termos:

Pelo exposto, reconsidero em parte a decisão publicada no DJe de 29/12/15, para conceder parcialmente a medida cautelar, ad referendum do Plenário, mantendo suspensa a eficácia tão somente da expressão“filiadas àquelas”, presente nos §§ 2º e 4º, do art. 1º, bem como do § 2º do art. 2º, todos da Lei nº 12.933, de 26 de dezembro de 2013.

O Teatro Bradesco aceita a Carteira de Identidade Estudantil emitida por entidades estaduais e municipais, DCE’s, DA’s ou CA’S, ainda que não filiados à Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), à União Nacional dos Estudantes (UNE), ou à União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), desde que  emitidas conforme o modelo único nacionalmente padronizado por tais entidades e pelo ITI – Instituto de Tecnologia da Informação.

JOVENS DE BAIXA RENDA (ENTRE 15 E 29 ANOS)

Mediante a apresentação da IDENTIDADE JOVEM,
documento emitido pela Secretaria Nacional da Juventude

SOMENTE TERÃO DIREITO AO BENEFÍCIO DA MEIA ENTRADA QUEM APRESENTAR NO MOMENTO DA AQUISIÇÃO DO INGRESSO E NA PORTARIA DO EVENTO, TODA DOCUMENTAÇÃO COMPROBATÓRIA

LEI MUNICIPAL nº 9.070/2005

Em Belo Horizonte, a Lei Municipal nº 9.070/2005 garante ao menor de 21 anos o direito ao benefício da meia-entrada. Para comprovação, basta apresentar documento de identidade no momento da aquisição do ingresso e na portaria ou na entrada do local de realização do evento.

PROJETO DE LEI Nº 3.177/2012

Art. 1º – Fica assegurado aos professores da rede pública estadual e municipal de ensino o pagamento de 50% (cinquenta por cento) do valor cobrado para ingresso em casas de diversão, de espetáculos teatrais, musicais e circenses, em casas de exibição cinematográfica, em praças esportivas e similares das áreas de esporte, cultura e lazer.

Parágrafo único – A prova da condição de professor da rede pública estadual e municipal de ensino será feita mediante apresentação de carteira funcional emitida pelo Poder Executivo ou mediante apresentação de contra cheque.